Enquanto isso…

Publicado em http://seteporsete.net/post-view-new.php?id=104

5.05.2014 
Enquanto isso… 
GABRIELA ALCOFRA a partir de de Artistas da Dança

Ser artista é assim: você acorda, abrindo o olho já liga o computador. Acessa o email pra ver se chegou a resposta de algum edital. Na esperança, acessa o Facebook pra ver se algum amigo postou algum concurso novo, edital novo , premiação nova. Abre os eventos e planeja a agenda de espetáculos pra ver e tem que escolher quais amigos vai conseguir prestigiar naquela semana. Abre simultaneamente a planilha do excel com um orçamento empacado que não fecha as contas, um currículo antigo que você precisa atualizar e o rascunho do projeto de algo que você fará caso ganhe algum dinheiro. Abre alguns muitos livros de referência pela metade e se perde entre as mil coisas interessantes pra sonhar e o cotidiano batendo na porta. Quando vê, já se passaram três horas. Você resolve ir pra aula de balé, mas tem que negociar o valor com o professor, para que ele entenda a situação financeira vulnerável do artista. Termina a aula e vai pra sala de ensaio continuar a proposição do mês. Não raro, se depara com as perguntas: o que eu tô fazendo? Pra que eu faço isso mesmo? E volta pra casa parecendo um ponto de interrogação, questionando até o prato que come. Vai pra terapia pra tentar trabalhar seus medos e inseguranças e um cansaço que não passa. O terapeuta diz que dança não é profissão. Desiste da terapia. Há algo maior pra defender. Liga pra mãe e ela preocupada pergunta: minha filha e agora, você vai ganhar dinheiro como? Tenta explicar que é uma artista autônoma da dança, que não possui um salário fixo, mas consegue pagar suas contas. Resolve fazer um novo projeto. Liga pros amigos e busca parcerias. Marca reuniões de trabalho com reflexões e discussões sem fim. É a produção artística, pensa. Volta pra sala de ensaio e não sabe mais onde parou. Se mexe sem parar e faz uma pausa infinita. Não sei onde quero chegar. É sobre expressividade, pensa. Volta pra casa pra continuar a dissertação do mestrado. Volta pros livros pela metade. A cabeça preenchendo formulários online. Será que tem alguma novidade?Facebook. Quando vê, já é de madrugada. E o cansaço que não passa… e a sensação de não ter feito nada…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s